Samsung avisa aos clientes para não falarem informações pessoais em frente às suas "Smart TVs"

Sua Smart TV pode estar risco de segurançaSamsung confirmou que seus aparelhos "Smart TV" estão ouvindo cada palavra do ambiente, e a companhia está alertando os clientes para não falar sobre a informação pessoal enquanto estiverem perto dos aparelhos de TV.

A empresa revelou que o recurso de ativação por voz em suas TVs inteligentes irá capturar todas as conversas próximas. Os aparelhos de TV podem compartilhar as informações, incluindo dados sensíveis, com a Samsung, bem como serviços de terceiros.

A notícia vem depois de Shane Harris no The Daily Beast apontou uma linha preocupante na política de privacidade da Samsung: "Por favor, esteja ciente de que, se suas palavras faladas incluir informações pessoais ou confidenciais, essa informação estará entre os dados capturados e transmitidos a terceiros. "

Mascote do Suporte Ninja
Se gostou da nossa iniciativa comente, curta ou compartilhe! Esse estímulo é muito importante para a nossa equipe e reflete diretamente na possibilidade de trazermos mais conteúdos que você venha a gostar!


Continuando...

"A Samsung pode coletar e o dispositivo pode capturar comandos de voz e textos associados, para que possamos lhe fornecer recursos de reconhecimento de voz e de avaliar e melhorar os recursos." Você pode Desativar recursos de coleta de dados no menu de configurações, que também desativa as capacidades de comando de voz, essencialmente, removendo a parte "inteligente" da TV e contrariando a finalidade de comprá-la em primeiro lugar.

Samsung emitiu agora um novo comunicado esclarecendo como o recurso de ativação por voz funciona. "Se o cliente consentir e usar o recurso de reconhecimento de voz, dados de voz são fornecidos a um terceiro durante a busca do comando de voz solicitado", disse a Samsung em comunicado. "Nesta hora, os dados de voz são enviado para um servidor, que procura o conteúdo solicitado, em seguida, retorna o conteúdo desejado para a TV."

A empresa acrescentou que ela não mantem ou vende os dados de voz, mas somente revelou o nome do terceiro que traduz a fala dos usuários no dia 10 de fevereiro, quando atualizou a sua política e nomeou o terceiro em questão, Nuance Communications, Inc.

Particularmente o que me preocupa é a (in) capacidade da Samsung de criar um software para seus aparelhos com um nível de segurança que os mantenham livres de Hackers. A Microsoft, que é a maior empresa de software do mundo, começou este processo há quase 15 anos e mesmo evoluindo não consegue se ver livre de falhas. Todas as outras empresas de software sofrem do mesmo mal.

Roubar fotos de celular é coisa de iniciantes, a IoT (Internet of Things) será o grande filão dos invasores dos próximos anos, tirando não só sua privacidade mas também usando sua TV quad-core para garimpar bitcoin, fazer ataques DDoS, etc.

As pessoas têm que ficar espertas com essas tecnologias do mundo moderno, o as corporações só se interessam por dinheiro e vão liberando seus produtos sem se preocupar com as futuras consequências na vida dos seres humanos, e assim continuam seguindo a agenda do Big Brother ("Iluminati").

Isso é quase uma terceirização da vigilância, ou algo como o conceito do Panóptico de Foucault, um sistema de vigilância sem que se saiba efetivamente quem nos está vigiando, mas cientes de que estamos sendo vigiados.

Fonte: Fernando Fonseca

https://www.linkedin.com/pulse/samsung-avisa-aos-clientes-para-n%C3%A3o-falarem-pessoais-em-fonseca